quinta-feira, 31 de agosto de 2017

Gramado tem muitas histórias - Velha "Fróca"

Vieille femme au fourneau)- Edouard Vuillard (1868 - 1940)


Éramos muito pobres, quase paupérrimos. Eu tinha cerca de três ou quatro anos de idade, e vivíamos em uma pequenina casa de madeira sem pintura, sem vidraças nas janelas, e com tramelas na porta. Éramos cinco. Minha avó, minha mãe eu, e dois tios. 

Minha avó trabalhava lavando pratos em um restaurante, do antigo Hotel Balneário, que à época, era chamado de "Tênis Clube", por ter sido a primeira sede do clube atual. Havia apenas duas piscinas em Gramado, ambas de água corrente. Ali estava uma delas, a maior. A outra estava em uma propriedade particular. Um restaurante que servia comida austríaca e alemã, servia aos hóspedes  vindos de várias partes do mundo, para serem atendidos pelo Doutor Nelz, com seus banhos de lodo e cuidados com hidroterapia.
Continua depois da Publicidade

O parque pertencente à família era formado por dezenas de caminhos e trilhas, pequenas pontes, grutas e adornos com elementos da floresta, que faziam aflorar a imaginação dos visitantes, embrenhados por estes caminhos a ouvir o canto dos pássaros e das cigarras, ornado pelo burburinho dos pequenos córregos que faziam bailar suas águas morro abaixo, abastecendo, desta forma, a piscina de água assustadoramente gelada e pura na velha piscina ao pé do morro, em frente ao restaurante do hotel, à época chamado de "Motel", sem nenhuma conotação pejorativa que o nome lembra as hospedarias temporárias para o refúgio do prazer extraconjugal, como significa hoje.

Ali então trabalhava minha avó. Ganhava uns minguados Cruzeiros (moeda da época), e o que sobrava nas panelas, levava para reforçar a mesa de todos nós.

Minha mãe, muito jovem, estudava e dava aulas, no outro extremo da cidade, na chamada "Curva da Farinha". Isso equivale a uma distância de seis ou sete quilômetros. As aulas eram pela manhã, e ela precisava levantar muito cedo, para caminhar até à Estação Rodoviária, a cerca de dois quilômetros,e chegar antes do início da aula, durante a manhã toda.

Pense em fazer isso no alto do inverno de Gramado. A estrada era de chão na maior parte do caminho. Chuva gelada e barro eram a companhia, temperados pelo vento minuano que açoitava as mãos e fazia virar  guarda chuva. Assim eram os dias.

Certa manhã, a professorinha chegou encharcada, enregelada, com os pés ensopados, para dar aula. Tremia e engolia o choro. Mal conseguia segurar a caneta para fazer a chamada dos alunos, batendo queixo de frio. Foi quando entrou pela porta uma vizinha da escola, a "Véia Fróca". Cumprimentou os alunos e tomou a professorinha pela mão, levando-a até sua casa. Lá acomodou a moça ao lado de um fogão onde crepitavam chamas confortantes e fê-la beber uma xícara de leite quente e comer uma refeição. Batata doce assada. Secou as roupas, e quando estava refeita do frio, voltou e deu sua aula o resto da manhã. Antes de sair, "Véia Fróca" ainda recomendou: "Minha filha! Minha porta estará sempre aberta para você!" E assim foi.

Mas esta história não termina aqui. Jovem professora, com cerca de dezoito ou dezenove anos de idade, tímida, ingênua, foi convocada para ir à Secretaria de Educação para receber uma reprimenda, sob a casca de "aconselhamento".

- Professora! Tomamos conhecimento que a senhora foi vista entrando na casa daquela senhora. Talvez a senhorita não saiba, mas esta senhora não tem boa reputação entre as boas famílias da comunidade. Correm conversas de que ela leve uma vida indigna de uma pessoa "cristã". De vida fácil, entende?

- Não! - Respondeu a professora. Não entendo o que dizem. Não sei nada sobre a vida de tal senhora que me descrevem. Mas se a pessoa a quem se referem é a "Véia Fróca", estão falando da pessoa que me acolheu encharcada, congelada, com a boca travada pelo frio, os pés ensopados, e me acolheu com leite quente, uma batata assada e carinho. Estamos falando da única pessoa, entre tantas outras "boas cristãs" na redondeza, que olhou para fora da janela e não pensou na possibilidade de proteger a minha reputação em privar-me de sua companhia,mas acolheu-me do modo que a Bíblia manda, e que eu pude entender na prática o que isso significa. A propósito, o que os senhores queriam me dizer mesmo?

- Nada, Professora! Seu trabalho está elogiável. Siga em frente.

Nunca mais ouvi falar da "Véia Froca". Nem mesmo a conheci pessoalmente. Mas acredito no Mundo Vindouro. E acredito que irei vê-la, se eu lá estiver.



quarta-feira, 30 de agosto de 2017

Ricardo Reginatto, ex-Diretor de Comunicação da Prefeitura de Gramado está na Gemelo (Agência de Publicidade)




Gemelo é a agência do Sonho de Natal e do Natal Luz de Gramado



O Natal é a alma dos eventos de Gramado e Canela. Natal Luz em uma cidade e Sonho de Natal na outra, representam os dois maiores eventos das cidades em termos de visitantes, visibilidade e emoção. Por isso, a Gemelo, agência de publicidade de Gramado, tanto se orgulha de ter assumido a conta criativa de ambos os eventos. 
Continua depois da publicidade



À frente da publicidade do Sonho de Natal de Canela e do Natal Luz de Gramado, a agência liderada pelo publicitário Gustavo de Souza Melo, aposta na criatividade e no bom gosto para criar linhas visuais ricas e empolgantes para ambos os eventos. “É necessário que entendamos a essência de cada um e saibamos que, mesmo que os dois eventos falem sobre uma única temática, cada um tem seu ponto de vista, seu olhar para o Natal. Assim, cada evento tem sua linha de criação, tendo a certeza de que ambos receberão máxima atenção aos detalhes e dedicação de nossa equipe para que coloquemos na rua identidades visuais condizentes com a importância de Sonho de Natal e Natal Luz”, informa Melo.
Com 15 anos de existência, a Gemelo acumula grandes clientes e uma equipe composta por excelentes profissionais, em um espaço criativo e inovador, situado na rua Emílio Leobet, 1559, na Avenida Central.


quinta-feira, 24 de agosto de 2017

Informações da Secretaria da Saúde sobre o Horto Municipal



Informações da Secretaria da Saúde sobre o Horto Municipal
Acerca da informada situação de abandono do Horto Municipal de Plantas Medicinais e Aromáticas da Linha Tapera, em Gramado, fato que supostamente estaria sendo apurado pelo Ministério Público, conforme notícia divulgada recentemente em um blog da cidade, cumpre esclarecer para a comunidade que, desde o mês de abril de 2016, não houve qualquer movimentação do Poder Público em viabilizar o uso da propriedade com a produção de chás e ervas, ou mesmo a implantação de qualquer atividade relacionada com a finalidade para a qual foi doado o espaço pelo Estado.
Somente em janeiro de 2017 foram iniciadas as movimentações com a parceria das Secretarias da Agricultura, da Saúde e da Assistência Social para retomar o projeto e viabilizar sua utilização conforme estabelecido em termo de doação, visto que não se tem conhecimento sobre qualquer produção realizada até hoje ou dispensação dos chás e ervas junto ao Município.
Por conta disso, em janeiro de 2017, pela situação de abandono do local constatada em vistoria realizada no mês de outubro de 2016, foi realizada uma nova vistoria conjunta, com a presença do arquiteto do Município, responsável pelo Setor de Patrimônio, onde foi verificada a necessidade de licitar a contratação de empresa terceirizada para zelar e dar manutenção ao horto, por conta do tamanho da propriedade (com quatro hectares) e sua especificidade produtiva.
Destaca-se que foi aberto o processo licitatório, que encontra-se em fase de homologação da Ata n° 45 - 2017 da Sessão Pública do Pregão Presencial, realizado em 1º/08/2017 pelo Município para contratação de empresa especializada para manutenção do Horto, conforme projeto Básico elaborado e parte integrante do edital do referido Pregão.
Dessa forma, cumpre salientar que a regularização do cuidado com o horto, com a destinação do imóvel ao fim para o qual foi doado ao Município pelo Estado, está sendo feito de forma legal e transparente, com um trabalho incansável da administração municipal para regularizar as situações encontradas sem resolução no início do ano, como o estado de abandono do Horto Municipal de Plantas Medicinais e Aromáticas da Linha Tapera. Buscou-se saber a forma de contratação e quem era o responsável pela manutenção e conservação do referido bem imóvel no ano passado, sendo que esta documentação será fornecida ao ente Ministerial para averiguação e constatação de eventuais irregularidades.

Matéria:
Manuela Teixeira
Assessoria de Imprensa de Gramado


GramadoTur detém R$ 37.821.986,00 das receitas de 2018



Iara Sartori, Diretora de Eventos da Gramadotur - Foto Miron Neto


Audiência apresenta LDO para 2018
Nesta quinta-feira (24), no auditório do prédio administrativo, ocorreu a audiência de apresentação da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de Gramado para o ano de 2018. A Prefeitura de Gramado, por meio da Secretaria da Fazenda, apresentou a projeção de receitas para o próximo ano, no valor de R$ 240.599.179.85.
Do total, R$ 59.492.659,14 são destinados à educação e R$ 39.797.289,67 à saúde. A autarquia GramadoTur detém R$ 37.821.986,00 das receitas.
O projeto de lei da Lei de Diretrizes Orçamentárias 2018 será encaminhado para apreciação dos vereadores nos próximos dias. 

Materia:
Manuela Teixeira
Assessoria de Imprensa de Gramado


Reunião sobre uso de taxa de turismo: Conselheiros não compareceram



Reunião sobre uso de taxa de turismo: Conselheiros não compareceram

Nem fiquem olhando pra mim. Eu sou bonzinho agora.
Pacard
 
Na tarde de hoje (24) a Comissão de Saúde, Educação e Meio Ambiente da Câmara Municipal havia agendado, por e-mail, reunião com o presidente do Conselho Municipal da Saúde, Dr. Cesar Maciel, com o presidente da GramadoTur, Edson Néspolo  e com os Conselheiros da Autarquia. O intuito era debater a possibilidade de repasse de parte da taxa de turismo, arrecadada pela entidade, para o Hospital Arcanjo São Miguel.
A reunião seria no Legislativo, às 16h30, porém os representantes da GramadoTur não se fizeram presentes, bem como não avisaram. Os Vereadores e o presidente do Conselho aguardaram por cerca de 30 minutos. 

 Matéria:

Quer escapar de uma Execução Fiscal? Corra até à Prefeitura de Gramado, porque o prazo do REFIS vai expirar dia 31/08




Melhor não facilitar com isso, porque eu sei o que é sentir na pele uma dívida fiscal (injusta) tomando meu dinheirinho suado.
(Pacard)


Últimos dias para pagamento do Refis com 100% de desconto sobre juros e multas
Até 31 de agosto, a comunidade de Gramado pode regularizar suas dívidas tributárias e não tributárias com o município com 100% de desconto sobre os juros e multas (para pagamentos à vista).
Ou seja, créditos ganham abatimento de juros e multas que, em alguns casos, pode reduzir a dívida pela metade. De acordo com a Secretaria Municipal da Fazenda, é uma forma de favorecer o contribuinte, estimulando o pagamento à vista, e também aumentar a arrecadação do município, revertida em benefícios e serviços para a comunidade.
As dívidas tributárias e não tributárias em aberto impedem a expedição da certidão negativa de débito, documento necessário para aprovação de projetos de construção e participação de processos licitatórios, por exemplo e são passíveis de protesto e execução.
Os prazos e benefícios fiscais são promovidos pela Prefeitura de Gramado, por meio da Secretaria da Fazenda, através da Lei nº 3547/2017
A lei define os seguintes prazos e condições opcionais:

Pagamento à vista
- Com descontos de 100% sobre os juros e multas até 31 de agosto de 2017
- Com descontos de 90% sobre os juros e multas no período de 1º de setembro a 31 de outubro de 2017
- Com desconto de 80% sobre os juros e multas no período de 1º de novembro a 15 de dezembro de 2017

Pagamento parcelado
- com desconto de 50% sobre os juros e multa em até seis parcelas, através de cartão de crédito, tendo como limite de adesão o dia 15 de dezembro de 2017
- com desconto de 30% sobre os juros e multa em até 12 parcelas, através do cartão de crédito, tendo como limite de adesão o dia 15 de dezembro de 2017


Dúvidas e informações:

Telefone: (54) 3286.0200 – ramais 235/232/261

Manuela Teixeira
Assessoria de Imprensa de Gramado


Lago Joaquina Rita Bier recebe Caravana Cultural




Lago Joaquina Rita Bier recebe Caravana Cultural
A Caravana Cultural, projeto que busca proporcionar o acesso à cultura de forma comunitária, traz para Gramado oficinas gratuitas de fotografia, DJ, informática, artes e música. Além das oficinas, a programação também conta com shows de jazz. O projeto estará no Lago Joaquina Rita Bier, na sexta-feira (25) e no sábado (26).
A Caravana conta com uma estrutura sobre rodas, denominada Complexo Cultural, que contém cinco ambientes distintos, incluindo espaço climatizado, estrutura para palco, elevador e acessibilidade para cadeirantes.
As oficinas ocorrem das 9h às 15h30min, com duração entre 45 minutos e duas horas. Na sexta-feira (25), as oficinas serão destinadas para escolas do município. Já no sábado (26), os interessados podem se inscrever na hora ou antecipadamente pelo e-mail margarete.anschau@gramado.rs.gov.br. Ao final de cada curso, os participantes receberão um certificado de conclusão das atividades. Os shows de jazz acontecem a partir das 17h de sábado (26).
Realização: Grupo Austral. Patrocínio: NET e Claro. Apoio: GramadoTur, Prefeitura de Gramado/Secretaria da Cultura, Rek Park. Financiamento: Pró-Cultura RS.


Confira mais informações sobre as oficinas:
Oficina de Fotografia
Capacidade: seis alunos por turma
Duração da oficina: uma hora
Horários e datas: Sexta-feira e sábado - 9h, 10h, 14h e 15h30min
Resumo: Aula explicativa de 20 minutos de noções básicas de fotografia + aula prática
Total de alunos: 48 alunos por final de semana (24 na sexta e 24 no sábado)


Oficina de DJ
Capacidade: quatro alunos por turma
Duração da oficina: uma hora
Horários e datas: Sexta-feira e sábado - 9h, 10h, 14h e 15h30min
Resumo: 20 minutos de aula teórica + 15 minutos de prática por aluno
Total de alunos: 32 alunos por final de semana (16 na sexta e 16 no sábado)


Oficina de Informática
Capacidade: seis alunos por turma
Duração da oficina: uma hora
Horários e datas: Sexta-feira e sábado - 9h, 10h, 14h e 15h30min
Resumo: Noções básicas de informática / pacote office
Total de alunos: 48 alunos por final de semana (24 na sexta e 24 no sábado)


Oficina de Artes
Capacidade: seis alunos por turma
Duração da oficina: 45 minutos
Horários e datas: Sexta-feira e sábado - 9h, 10h, 14h e 15h30min
Resumo: Introdução teórica e 30 minutos de aula prática
Total de alunos: 48 alunos por final de semana (24 na sexta e 24 no sábado)


Oficina de Música
Capacidade: até 15 alunos
Duração: uma hora de aula
Horários e datas: Sexta-feira e sábado - 9h30min e 14h
Total de alunos: 60 alunos por final de semana (30 na sexta e 30 no sábado)


Foto: Divulgação
Matéria:
Manuela Teixeira
Assessoria de Imprensa de Gramado


Vereadores fiscalizam horto fitoterápico e loteamento Carazal











Vereadores fiscalizam horto fitoterápico e loteamento Carazal



Os vereadores realizaram na tarde de ontem (23) fiscalização em dois pontos do município. Primeiro foram até o Horto de plantas medicinais na Linha Tapera em seguida ao loteamento Carazal.

No horto de plantas medicinais na Linha Tapera foi verificado total abandono do espaço. O espaço é de responsabilidade da Secretaria da Saúde, conforme instituído na Lei Municipal 3.048/2012 que dispõe sobre a Política Intersetorial de Plantas Medicinais e de Medicamentos Fitoterápicos no Município de Gramado. Quando criado o Horto de Plantas Medicinais a intenção foi a de produzir plantas que serviriam para o fornecimento de fitoterápicos da população de Gramado, oferecendo alternativas naturais de tratamento e prevenção de doenças. No local destinado ao cultivo do horto de plantas medicinais existia a Escola Estadual da Linha Tapera, que foi desativada e o local posteriormente doado pelo governo do Estado para que o município desenvolvesse um projeto ligado à área ambiental (Brizoleta toda revitalizada). No terreno ainda existem duas grandes estufas que estão deterioradas pela falta de manutenção.

No loteamento Carazal os Vereadores puderam constatar que a parte estrutural de água, luz, pavimentação e esgotamento estão concluídos. Ainda lembraram que no final de 2016 uma Audiência Pública foi feita na Câmara, com a secretária de Habitação e Assistência Social da época onde foram apresentados os critérios para hierarquização e seleção dos beneficiários de terrenos populares no Loteamento Carazal. A atual Secretária, Ana Maria Lovatto estava presente no encontro. Nesse sentido os Legisladores irão buscar informações da Prefeitura para saber como está o processo, tendo em vista, que pelo que se percebe, o loteamento está pronto para receber moradias.
 Matéria:


quinta-feira, 17 de agosto de 2017

Cultura da Várzea Grande mobiliza jovens em programas culturais



Primeiro encontro do projeto Cultura na Várzea mobiliza alunos da rede municipal
Estudantes da quarta série das escolas municipais Pedro Zucolotto e Presidente Vargas, acompanhados dos seus professores, integraram a primeira edição do projeto “Cultura na Várzea”, programa da Prefeitura de Gramado em parceria com a Secretaria da Cultura, através do Centro Municipal de Cultura da Várzea Grande.
O encontro ocorreu no dia 11 de agosto, quando os alunos tiveram um bate-papo com a pesquisadora e primeira Rainha da Festa das Hortênsias, Iraci Casagrande Kopp, a respeito da Viação Férrea e a história do Museu, localizado no bairro. As crianças também contaram com a presença da artista plástica Janice Cumerlatto, que contou um pouco da sua história e das suas obras.
O projeto tem como objetivo principal propiciar aos estudantes, professores e comunidade em geral uma proximidade maior com o Centro Municipal de Cultura do bairro. Busca-se a valorização dos espaços culturais, como o Museu da Estação Férrea, a biblioteca Marlene Casagrande e o próprio centro de cultura.
Os encontros ocorrerão bimestralmente, onde serão abordados diversos temas, dentre eles, arte, saúde, história e literatura relacionados com o cotidiano da comunidade. 


Estratégia de Fedoca é de "espetar" em tudo - Mais obras "ruins", segundo moradores da V.Grande, em Gramado




Rua Faustino Rissi, na Várzea Grande, recebe recapeamento asfáltico
O programa de recuperação do asfalto da Prefeitura de Gramado, realizado por meio da Secretaria de Obras, já contemplou diversos pontos do município. Além de priorizar locais com maior fluxo de veículos, o cronograma também tem atendido demandas antigas da comunidade. No bairro Várzea Grande, a Rua Faustino Rissi, acesso à Vila do Sol, recebeu obras de fresamento e recapeamento asfáltico em um trecho de 260 metros.
O serviço foi elogiado pelos moradores do bairro. “Há alguns anos não recebíamos um recapeamento completo no asfalto da rua. Foi uma obra positiva que nos deixou muito felizes”, comentou o barbeiro André Bertoldi, que reside na Vila do Sol.
“O recapeamento era uma reivindicação antiga dos moradores. Existiam muitos buracos no asfalto que prejudicavam até os pedestres, que em dias de chuva não conseguiam caminhar na rua por serem atingidos com água das grandes poças de chuva acumuladas na via”, lembra a proprietária do Mercado Serrano, Marilei Cristófoli.
Os bairros Floresta, Piratini, Planalto, Moura, Prinstrop, Centro, Dutra e Várzea Grande já receberam os serviços do programa, totalizando cerca de 15 mil m² de asfalto recuperado. “Prosseguimos atendendo os locais com maior necessidade. É importante lembrar que todos os bairros serão atendidos”, destacou o secretário da pasta, Flavio Souza.


De espetada em espetada, Fedoca mostra começa a mostrar as obras




Obras finalizadas em frente ao Palácio dos Festivais
O trecho da Avenida Borges de Medeiros, localizado entre a Praça Major Nicoletti até o Palácio dos Festivais, no Centro, recebeu obras para reparos no calçamento da pista. Os serviços contemplaram a troca das pedras da ornamentação e a colocação de uma canaleta para passagem da fiação elétrica subterrânea. O valor investido foi em torno de R$ 10 mil.
A obra é a uma solicitação da Prefeitura de Gramado, por meio da Secretaria de Turismo, e da Gramadotur, realizada pela Secretaria de Obras. Os serviços buscam atender as necessidades para a realização do 45º Festival de Cinema e dos eventos realizados no Palácio dos Festivais, além de tornar mais seguro o local para todos os usuários, já que o local é frequentado pela comunidade e pelos turistas. "A medida foi necessária, pois nos anos anteriores o cabeamento elétrico passava sobre o leito da via, apenas com a proteção provisória."


Olho no peixe e outro na CORSAN - Fedoca examina de perto as obras




Prefeito Fedoca visita instalação de reservatório de água da CORSAN

O prefeito Fedoca - João Alfredo de Castilhos Bertolucci (PDT), a secretária do Meio Ambiente, Rosaura Heurich, a secretária adjunta do Meio Ambiente, Cristiane Bandeira Silva, e o secretário de Planejamento, Jeferson Zatti, realizaram a vistoria das primeiras atividades para a instalação de um reservatório de água da CORSAN, nesta quinta-feira (17). A área está localizada na Rua Bela Vista, nº 200 (rua de acesso à Aldeia do Papai Noel).
Agora, o local passa pela retirada da vegetação. Conforme contrato com a CORSAN, a empresa tem até 45 dias para finalizar a etapa. Da vegetação retirada, as nativas virarão lenha para doação e as toras das exóticas (eucaliptos e ciprestes) serão destinadas à serraria municipal para produção de tábulas, utilizadas pelas secretarias para construções e reformas. A vegetação retirada será compensada com a reposição florestal obrigatória de 1.650 mudas de espécies nativas
Quando finalizada esta etapa, terá início a movimentação do solo e, posteriormente, a construção do reservatório. Estima-se que, até o final do ano, a obra seja finalizada, buscando evitar a falta de água ocorrida no ano passado, durante as festas de final de ano.

Semana de Vacinação do Adolescente em Gramado inicia segunda-feira





Semana de Vacinação do Adolescente inicia segunda-feira
A Prefeitura de Gramado, por meio da Secretaria da Saúde, promove a Semana de Vacinação do Adolescente entre os dias 21 e 25 de agosto, seguindo o calendário proposto pela Secretaria Estadual da Saúde do Rio Grande do Sul. As vacinas indicadas para imunização dos adolescentes são Hepatite B, Difteria e Tétano – DT, Febre Amarela, HPV, Meningo C, Sarampo, Caxumba e Rubéola – SCR.
Nos meses de junho e julho, a Secretaria da Saúde, em parceria com a Secretaria de Educação, fez um trabalho para intensificar a vacinação de adolescentes em todas as escolas municipais, estaduais e privadas da área urbana do município. Na ação, foram aplicadas 729 doses de vacina HPV e 510 doses de vacina Meningo C. Entretanto, muitos pais não autorizaram a vacinação na escola. Além disso, foram detectados casos de atraso de outras vacinas, como tétano, febre amarela e tríplice viral.
“Gramado tem excelente cobertura vacinal para crianças. Já a busca dos adolescentes por vacinação é inferior, exatamente quando a transmissão é mais fácil, pois eles se expõem mais, principalmente à doenças de transmissão respiratória e sexual. Por isso, é importante todos os adolescentes comparecerem às salas de vacina para que a carteirinha seja verificada e para receberam a proteção”, salientou o secretário da Saúde, João Teixeira.


Confira os horários para a vacinação:
Sala de Vacina do Centro: 8h às 11h e das 14h às 19h
Sala de Vacina do CAIC: 8h às 11h e das 14h às 17h
Sala de Vacina do Pórtico II: 8h30min às 11h e das 14h às 16h30min
Sala de Vacina da Várzea (Vila Olímpica): 8h às 12h e das 13h às 19h


Saiba mais sobre as vacinas disponibilizadas:
  • Vacina Hepatite B: São indicadas três doses para os adolescentes. A transmissão da Hepatites B pode ocorrer pelo compartilhamento de objetos contaminados, como lâminas de barbear e de depilar, escovas de dentes, alicates de unha, instrumentos para uso de drogas injetáveis, inaláveis e pipadas, uso de materiais não esterilizados para colocação de piercing e para confecção de tatuagens, entre outras.
  • Vacina contra Difteria e Tétano - DT (dupla adulto): São indicadas três doses e reforço a cada dez anos. O tétano é uma doença do sistema nervoso, causada por um bacilo, que fica ativo no ambiente por longo tempo. Quando o bacilo penetra por um ferimento ou pelo coto umbilical do recém-nascido, pode desenvolver o tétano.
  • Vacina da Febre Amarela: É indicado uma dose. A Febre Amarela é uma doença infecciosa febril aguda. O vírus é transmitido pela picada dos mosquitos infectados e não há transmissão direta de pessoa para pessoa. A vacina é a principal ferramenta de prevenção e controle da doença.
  • Vacina Sarampo, Caxumba e Rubéola – SCR: São indicadas duas doses. O sarampo é uma doença grave e extremamente contagiosa, causada por um vírus. No Brasil, não ocorrem casos de Sarampo desde 2015. A rubéola também é causada por vírus, de baixa letalidade, porém se torna grave na gestação, podendo provocar aborto, além de malformações congênitas como catarata, surdez, cardiopatias, entre outras. A Caxumba é outra doença viral e contagiosa. Em 2016, Gramado apresentou um aumento no número de casos.
  • Vacina HPV: O objetivo da vacinação contra o HPV é a prevenção de verrugas genitais e do câncer genital masculino e feminino. Em 2017, a população alvo são meninas de 9 a 14 anos e meninos de 11 a 14 anos. Está indicado o esquema vacinal de duas doses com intervalo mínimo de seis meses entre a 1º e a 2º dose.
  • Vacina Meningo C: A finalidade da Vacina Meningocócica - C é reforçar a proteção contra meningite (causada pelo Meningococo-C), uma vez que, com o passar dos anos, pode haver diminuição da proteção após a imunização, que acontece na infância. Meninos e meninas, de 12 e 13 anos de idade, terão uma dose à disposição. No Brasil, a doença meningocócica está presente com ocorrência de surtos esporádicos. 


A morte do Teiú e o marasmo da vida

O lagarto Teiú é muito comum pelas matas, e até pelas áreas arborizadas das cidades. Aqui mesmo, onde moro, tem uma pequena reserva de mato,...